quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Those lazy-hazy-crazy days of summer

Ah, o verão! Nos perguntávamos onde ele havia se escondido quando 2012 chegou nos trazendo dias cinzas, chuvosos e com uma brisa fria bem fora de época. Até os mais céticos chegaram a se render àquelas teorias conspiratórias que associam tudo de estranho que tem acontecido ultimamente à um prelúdio do fim dos tempos. Frio em janeiro, só podia ser em 2012. Eu não estava nem aí. Aliás, nunca fui tão feliz como nas duas primeiras semanas do ano. Tempo fresco bom pra ficar na cama o dia todo sem ter que suar feito uma leitoa decadente, temperatura agradável para se passar o dia passeando a pé pela cidade sem perder a dignidade, dormir com o barulho da chuva, chance de aproveitar as férias para usar as roupas bonitas que a gente usa só em junho: meias-calças, botas, casaquinhos. Sair pra tomar café. Tomar chá de manhã. Mas ah, o verão! Vocês queriam ir pra praia, queria tostar no sol, queriam que o tempo abrisse pr'aquele churrascão de domingo, queriam um assunto para comentar no elevador. Estão satisfeitos?

Pois é, o calor chegou. Ah, o verão! Parecia melhor na imaginação de vocês, né? Agora eu só consigo dormir quando a madrugada chega para dar aquela refrescada e não consigo acordar tarde porque o sol da manhã bate bem no meu quarto e ficar ali torna-se insuportável. Adeus pijama o dia todo, adeus meias, olá roupas grudando no corpo, olá pele do rosto brilhando, olá cabelo preso o dia todo. Olá vizinho, mas que calor, hein?

Acho que pior do que o calor em si são as pessoas falando sobre ele. Eu sei que eu mesma faço isso agora, mas é por uma causa nobre, um apelo, um grito por socorro que vem do fundo do meu âmago pedindo pelo amor de Deus para vocês viraram o disco. Está calor, eu também não estou aguentando, o planeta está derretendo. Ponto. Ficar comentando sobre isso a cada segundo não vai alterar em nada o fato, apenas fará com quem nosso caminho rumo à sublimação seja mais penoso ainda. Aliás, acho que ficar falando do calor o tempo todo faz com que a gente o sinta com maior intensidade. Eu, por exemplo, não sou dessas que morre de calor, e acho que devo metade desse mérito ao fato de que eu não perco meu tempo pensando nele. É o calor ali em volta acontecendo e eu vivendo a minha vida, ignorando pra ver se passa. Essa ideia fixa de praguejar contra o calor e falar dele o tempo todo só torna sua presença mais palpável e insuportável. A vida já é difícil demais pra vocês arranjarem mais uma coisa para esquentar a cabeça - com o perdão do trocadilho.

Tenho pavor de conversa fiada. Pavor. Acho desperdício de saliva e oxigênio. Acho muito mais contrangedor e incômodo falar sobre o tempo do que ficar calada, e é por isso que muita gente me acha grossa. Odeio falar sobre o clima, odeio falar sobre como o tempo está passando rápido e semana que vem é carnaval, odeio falar sobre o trânsito. Mas ah, o verão! Não bastasse o calor deixando tudo mais difícil, ainda é um prato cheio para aqueles que são incapazes de passar cinco minutos de boca fechada ou então de falar algo interessante. Entro no elevador e o vizinho solta: e esse calor, hein? Pois é, resmungo. O porteiro abana a mão pra mim e diz: Tá demais, hein? Pois é, resmungo. Na mesa do almoço só se fala sobre o calor, minha querida família que enquanto os dias estavam cinzas e chovia baldes diariamente, só queria saber onde o sol havia se escondido. Pois é, resmungo e suspiro alto, vocês que pediram. 

Está calor, eis um fato. Conselho para deixar a vida de vocês mais fácil, fresca e interessante? Parem de falar sobre isso. Se não resolver pra vocês, talvez torne a minha menos irritante. E olhem pelo lado bom, está tão quente que nem fome a gente tem. Vamos aproveitar esses dias para perder tudo aquilo que a gente comeu descontroladamente nas primeiras semanas do ano.






13 comentários:

  1. hahahaha verdade ! falar aumenta tanto ! vou começar a trocar o jeans pela bermuda pra ir na escola e esquecer o resto :D haha
    beijinho

    ResponderExcluir
  2. Passei o post inteiro esperando no final uma foto sua com o maiô preto. Como assim não teve? Tô triste.

    ResponderExcluir
  3. pelo título lembrei de Gilmore Girls =)o começo do ano foi tão bom!!!
    bom, desculpe me incluir no grupo dos que reclamam incessantemente! acabo reclamando, pois sinto que assim tenho um gasto de energia ruim de dentro do meu coração, pois odeio calor do fundo da alma...!
    vou tentar fazer oq vc disse para ver se passa, mas não sei não!!!
    Beijossss

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post (tô ficando repetitiva?)
    Também não sinto todo o calor do mundo e faço questão de não falar dele o tempo todo.
    E, senhor, como eu odeio papo furado! Sério, é uma coisa que me irrita. Você acha que ás 7 da manhã sou obrigada a ouvir as pessoas discutindo sobre se vai chover, o tamanho das nuvens, o horário de verão ser bom ou ruim, bolo de maçã ter gosto de banana...?
    Não dá, né?
    Sou a favor de um mundo mais fresco e silencioso.

    ResponderExcluir
  5. É inverno, as pessoas reclamam porque está frio demais, estão congelando, bla, bla, bla whiskas sachê. Reclamam o inverno inteiro, clamam pelo sol, fazem macumba pra poder ir à praia. Quando chega o verão, só vejo aquela gente falando que não aguenta mais suar, que trabalhar com esse sol é fogo e mais bla, bla, bla whiskas sachê.
    É engraçado como muita gente nunca está contente, e não satisfeita em estar passando calor ou frio ainda tem que esbravejar pro mundo isso, o tempo inteiro. Se a pessoa reclama uma ou duas vezes, eu acho ok. Mas quando aquilo vira uma obsessão acho que só dois tapas na cara resolvem. Ou gosta de inverno e aproveita, ou gosta de verão e aproveita. Qual o problema em eleger um favorito e parar de falar mal do outro pobre coitado? GENTE.
    Eu costumo reclamar do calor, mas no meu humilde pensamento. Quando me expresso é porque ele chegou a um nível insuportável pra mim. Também não costumo sentir muito calor, mas em alguns momentos tenho crises e quase morro, porque tenho hipotireoidismo. Aí a coisa fica feia. Por isso eu sou daquela teoria: verão sem piscina ou praia, é só cofrinho suado.
    Como sempre, seu post me fez rir, imaginando sua cara de 'pois é' pros reclamões dessa vida.

    ResponderExcluir
  6. eu sou das que sofrem muito com o calor. tento não pensar, sério, mas não adianta. meu genética europeia não me deixa ficar em paz com todo esse calor.

    mas é verdade. é um saco quem fica reclamando o tempo todo.

    um amigo meu falou hoje "estou anotando o nome de todo mundo que ta reclamando do calor. se reclamarem do frio, eu vou matar", rs

    ResponderExcluir
  7. É verdade que o calor está de fritar ovo na calçada! Mas reclamar do clima não o mudará. O que se pode fazer é: Beber muita água, usar protetor solar e torcer por dias menos quentes.
    Ótimo texto! Já havia lido outros, mas só agora vim comentar. haha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nunca concordei tanto com um post, gente, pra que insistir tanto nisso? Mas sabe o que mais me incomoda? Gente que sente calor três meses por ano (oi floripa) reclamando de um calor insuportável sendo que tem seres humanos no mundo que aprenderam a conviver e não reclamar disso. Odeio suor e a minha franja oleosa, mas fazer o que? Sem contar que sol é uma boa desculpa pra não usar calça jeans nessa vida. Beijo e vá escutar Criolo, mesmo!

    ResponderExcluir
  9. Estou SATISFEITÍSSIMA, já que a pergunta foi direta para a minha pessoa! Até coloquei Marilyn sorrindo e falando SUPIMPA no meu post! Estou muito, muito feliz. Saltito só de lembrar! Sol, calor, graças a Deus!!!

    ResponderExcluir
  10. volteeeei! ah Anninha, eu falo do calor mesmo em alto e bom som... eu reclamo, reclamo, mas amo amo amo... veja bem: no inverno o pessoal só vai reclamar do frio! só que o calor é BEM melhor, vc não fica doente, não treme de frio na hora de acordar, e sai mais vezes a noite. é tudo de bom. não reclamo tanto, mas continuo falando dele, porque ele é lindo, e se eu tenho que escolher algo extremo de agora em diante, é ele que eu escolho!!

    aliás, janeiro (talvez pelas chuvas) foi um péssimo mês pra mim. mas fevereiro chegou com tudo, e eu tô bem felizzzz, não só pelo calor. por isso o sumiço. beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Acho que a gente já deve ir pra Europa.

    ResponderExcluir
  12. Também não sou muito fã de reclamações desnecessárias e repetitivas. Porém em um dia ou outro quando faz aquele calor insuportável, não tem jeito, no meio de qualquer assunto eu vou encaixar a pequena frase " que calor é esse?" ou " estou morrendo de calor" hahhaaha

    ResponderExcluir
  13. Não sei se é algo psicológico ou não. Só sei que quando falo que tá calor a temperatura parece subir mais, mas por outro lado, também parece que consegue ficar mais suportável simplesmente pelo fato de ter reclamado.

    Eu reclamo sim quando tá calor, mas só reclamo do frio quando esse chega ao extremo.

    Te mandei e-mail, moça.

    ResponderExcluir